sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Parque Zoobotânico do Museu Paraense Emílio Goeldi comemora 120 anos

Em agosto, o Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) comemorou 120 anos de seu Parque Zoobotânico, com programação que celebrou a relação da instituição com a comunidade de Belém.
A programação de aniversário do Zoobotânico aconteceu nos dias 12 e 13 de agosto, com a oficina “Alternativas à Utilização de resíduos florestais”, planejada para os moradores do bairro da Terra Firme e técnicos do MPEG. Os organizadores pretendem capacitar comunitários no aproveitamento de árvores caídas na fabricação de bancos, totens de sinalização e brinquedos infantis para espaços públicos. As inscrições foram esgotadas e a oficina foi ministrada pelo artista visual Virgílio Moura, no Parque Zoobotânico.
Museu Paraense Emílio Goeldi - Foto: Paulo Santos

No dia 16 de agosto, os personagens do Programa Natureza  brincaram e se divertiram com temas sobre a conservação ambiental tendo como referência o parque zoobotânico que comemorou 120 anos. O Macaco Ximbica e a Onça Pintada foram os anfitriões para receber os visitantes que viram em primeira mão o novo conjunto de miniaturas de papel inspirados nos animais do Parque, e que fazem parte da 2ª edição do Projeto Viva Amazônia.

Os animais que fazem parte dessa edição foram escolhidos por meio de campanha nas redes sociais.
No domingo, o público  coloriu e montou suas próprias miniaturas de papel, além de conhecer o participante que foi sorteado durante a campanha. O projeto Viva Amazônia apresentou as coleções do Museu Goeldi através de produtos digitais, associando informação jornalística e entretenimento para abordar aspectos da natureza e culturas amazônicas, bem como do processo de produção científica sobre os assuntos testemunhados nos acervos.
 Vitória-Régia no Museu  Foto: Via Flickr Marcus Paulo
Nos dias 20 e 27, o público da Terceira Idade participou da oficina “A fauna do Parque Zoobotânico em vitrais”. Os organizadores buscam estimular os participantes para conhecer mais os animais do Parque e usá-los como inspiração na produção de vitrais artesanais.
Já a instalação interativa “Árvore dos sonhos” foi montada no Museu no dia 23 de agosto, e convidou o público a compartilhar seus sonhos. A instalação foi criada pelos artistas e professores Nilson Damasceno e Bruce Macedo, como resultado da Disciplina “Arte urbana: teorias e projetos”, do programa de Pós-Graduação em Artes da UFPA. O objetivo é promover a apreciação e conservação do meio ambiente e mostrar que a simplicidade e materiais rústicos presentes na natureza podem servir para inspirar o homem a também criar beleza.
Já nos dias 25 e 27, um ciclo de palestras abordou diferentes temas relacionados às pesquisas zoológicas e botânicas e o manejo de espécies silvestres no Parque. Os participantes tiveram contato com os estudos de primatas amazônicos, plantas ornamentais e as coleções ex-situ. As palestras aconteceram no próprio auditório do Parque.
A programação mensal encerrou no dia 30 de agosto com a “Expo-Feira Arte Goeldi”, evento que apresentou uma mostra de artesanato regional (comercialização de objetos com preços acessíveis, começando em R$1,00) exposições de plantas ornamentais e de itens confeccionados nas oficinas “Alternativas à Utilização de resíduos florestais” e “A fauna do Parque Zoobotânico em vitrais”. No mesmo dia, houve também uma programação cultural com os contadores de historia do grupo MOCOHAM (Movimento de Contadores de História da Amazônia) que vem narrar histórias da região e curiosidades sobre a história na ciência na Amazônia.
Onça Pintada do Museu - Foto: Via Flickr Leo Soares - DF
 “Toda essa programação celebrou a atuação de um museu vivo, porque possibilitou inspirar sonhos e realizar ações em prol da conservação ambiental”, destacou a coordenadora do Serviço de Educação e Extensão do Museu, Lúcia Santana.
Texto: Uriel Pinho, Lorena do Couto e Joice Santos / Museu Paraense Emílio Goeldi.

REVISTA VIA AMAZÔNIA, A PARTIR DESTA SEGUNDA-FEIRA NAS BANCAS

FAÇA SUA ASSINATURA E RECEBA EM SUA CASA OU ESCRITÓRIO

(93) 99211 1392

Nenhum comentário:

Postar um comentário