domingo, 22 de novembro de 2015

Ponta de Pedras

"O cenário ideal para desfrutar o máximo  de lazer que o Tapajós pode oferecer, palco também do Festival do Charutinho"

Ponta de Pedras está localizada à margem esquerda do Rio Tapajós a cerca de 35 km de Santarém, sua gente vive da pesca e traz no peito o amor pela terra querida...

Como todo e bom lugar incrustado nesta imensa Amazônia legal, o povo daqui não foge do legado do bom anfitrião, de gente acolhedora e por que não dizer empreendedora de seus costumes e valores.
Costumes que são gerenciadores dos turistas que visitam o lugar.
Com aproximadamente 20 km de praia, Ponta de Pedras tem uma infra estrutura preparada para recepcionar o público que vem para o balneário nos finais de semana ou até mesmo para ficarem por dias "de bobeira ",curtindo a vista paradisíaca e terapêutica.
A Orla parece encantada, coberta de areia, terminando com uma formação rochosa que dá nome ao lugar; enormes pedras que servem de trampolim para os banhistas, de ponto de encontro para os casais enamorados e de píer para os pescadores de finais de semana.
A cultura é regada pelo bom e velho curimbó (carimbó), dança herdada da miscigenação étnico-culturais e religiosas dos seus antepassados e entoado pela voz cabocla em estrofes curtas e de temas sempre exaltando a mulher paraense, a morena de cabelos lisos e longos que dança com o moçoilo esguio, mas de requebrado vigoroso e sedutor.
Na culinária servem o que há de melhor do pescado local, seja assado, cozido, "moqueado"; de uma ou de outra forma, o peixe é o principal cardápio oferecido.
Tucunarés, pacus e acarizinhos são peixes que servem aos paladares, mas o melhor e o mais pedido é o charutinho, peixe de escamas, medindo cerca de 10cm e de carne deliciosamente inigualável este já ganhou até um festival em sua homenagem, haja vista a procura tamanha por parte dos visitantes.


FESTIVAL DO CHARUTINHO
O evento principal da comunidade de Ponta de Pedras e o Festival do Charutinho, que acontece todos os anos no mês de novembro com atividades esportivas e programação culturais e musicais alegrando os visitantes, tais como uma grande seresta ao luar (lual), apresentações dos botos regionais, disputa entre quadrilhas e pesca.
O evento tem o objetivo de valorizar o potencial turístico da comunidade de Ponta de Pedras, resgatando a cultura local. 
Para o caboclo Iivaldo Belém, o festival do charutinho foi criado com o objetivo de agregar um volume maior de turistas que vem à ponta de Pedras. Para ele os turistas vêm única e exclusivamente para conhecer e participar da  grandiosa e já afamada festa gastronômica extraída do tradicional "charutinho".
Da redação


Nenhum comentário:

Postar um comentário