segunda-feira, 7 de setembro de 2015

O sabor do Tapajós


Para quem gosta de pescados e frutos do rio em geral, o Tapajós é a região turística perfeita para uma experiência gastronômica. Os municípios da região são banhados pelos rios Tapajós e Amazonas, o que proporciona uma infinidade de espécies de peixes amazônicos para a gastronomia. Dentre as mais variadas espécies encontradas no município de Santarém, por exemplo, destacam-se o pirarucu, curimatã, tambaqui, acarí, tucunaré e jaraqui.
Os pratos tapajônicos geralmente possuem ingredientes simples, mas surpreendem na forma sofisticada ou criativa do preparo. Em Santarém existem diversos restaurantes com chefs de experiência internacional, especializados em transformar a culinária dos antigos povos indígenas em pratos sofisticados ou adaptando-os para outras receitas mais clássicas, a exemplo da omelete de avíu e do bolinho frito de piracuí.
Além dos peixes, o tacacá é também obrigatório no Tapajós. A iguaria é uma espécie de sopa indígena, feita de tucupi (suco extraído da mandioca) e que deve ser tomada em uma cuia, que por sinal tem grande produção na comunidade de Aritapera. Lá as artesãs são dedicadas e sua arte de pintar as cuias, candidatas à Patrimônio Cultural do Brasil, recebeu reconhecimento internacional.

Para não ficar só na vontade aqui vai uma receitinha do Omelete de Aviú:

Ingredientes:
200 grs de aviú
Sumo de 2 limões
6 ovos
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de cebola batida
1/2 colher (sopa) de salsinha picada
Sal à gosto
Modo de preparo:
Numa bacia colocar 1/2 litro de água e o sumo dos limões. Lavar o aviú nessa água. Escorrer. Bater bem os ovos com um garfo em uma tigela. Juntar o sal à gosto. Numa frigideira, colocar o azeite e dourar a cebola. Juntar o aviú. Refogar brevemente. Juntar os ovos. Depois que a omelete estiver encorpada, virá-la sobre um prato e, por cima, salpicar a salsinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário